O dia do cliente Página inicial
Dia do Cliente - Campanhas - Dicas
  O Dia do Cliente  
 
O Pai da idéia
 
  Já é oficial  
  Apoiadores  
  O que dizem  
  Campanhas  
  Curiosidades  
  Cadastre-se  
  Imprensa  
  Contato  
  Página inicial  



Dia do Cliente pode ajudar a alavancar as vendas

            Algumas datas comemorativas têm significativa importância no calendário do comércio varejista. Basta lembrar o volume de vendas proporcionado por eventos como Natal, Dia das Crianças, Dias das Mães, entre tantos outros, para lembrar que sempre é possível aproveitar tais ocasiões para alavancar as vendas. Dentro desta proposta, surge o Dia do Cliente, celebrado no dia 15 de setembro, que visa homenagear e destacar a figura do consumidor. Atualmente, a data é comemorada em diversas partes do País, já sendo aprovada como parte do calendário de eventos em capitais como Porto Alegre/RS, Florianópolis/ SC e Campo Grande/MS. A comemoração faz parte do calendário oficial da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), que está disponibilizando para seus associados cartazes relativos ao tema.

            A proposta de criar uma data para valorizar o cliente surgiu do conferencista João Carlos Rego (Porto Alegre/RS), no ano passado, que percebeu uma lacuna entre as datas comemoradas no País. “Este é um dia de agradecimentos e homenagens que deve ganhar força e expressão comercial, traduzindo-se em novas oportunidades de negócios, além de estimular o aprimoramento das relações comerciais”, diz. Ele cita que a ocasião pode ser lembrada através de ações de marketing, como campanhas publicitárias, promoções, decoração especial e entrega de brindes.

            Algumas empresas já estão utilizando o Dia do Cliente como estratégia de encantamento de seus consumidores. É o caso da Brasil-Sul (Porto Alegre/RS), proprietária de sete lojas de vestuário voltadas para o esporte no Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina. No ano passado, a empresa homenageou as pessoas que entravam em seus estabelecimentos com barras de cereal e um pequeno cartão. Para muitos lojistas, a data ainda é novidade. A Casa Sete (Barra Mansa/RJ), que trabalha com calçados e vestuário, não realiza nenhuma atividade específica, mas acredita que a comemoração pode ser interessante se bem trabalhada. De acordo com o sócio-gerente da loja, Alberto Aldet, no futuro pode-se fazer algo relativo ao dia. “Nós nunca realizamos nada especial, mas acho uma boa idéia. É importante valorizar o cliente”, acredita.

            Rego salienta que a comemoração é diferente do Dia Internacional dos Direitos do Consumidor, pois engloba não somente pessoas físicas, como empresas de forma geral.

            As possibilidades para explorar a data são inúmeras e variam de acordo com os produtos de cada estabelecimento. O conferencista lembra que todos os municípios podem comemorar a data, mesmo que esta ainda não faça parte do calendário de eventos da cidade.

Leather.com.br - 05/09/2005

 

<< Voltar

 

 
 
Desenvolvimento e hospedagem por @mspublic