Home    
Apresentação    
Palestras e     
Treinamentos     
Clientes    
Fotos de Eventos    
Na Mídia    
Depoimentos    
Artigos    
Parceiros    
Como contratar    
Contato    

 
Namorada sem Amor 
(por João Carlos Rego)

           Li um poema que cortava palavras, que em sua frase final dizia: “Namorada sem amor é...”. Corte a palavra NAMORADA, retire de seu interior a palavra AMOR, o que fica? NADA.
           Fiquei matutando sobre aquele verso; é simples e profundo. O que é uma namorada se não houver amor? Simplesmente não é nada.
           O namoro é um começo, é um “frio na barriga”, é um desejar estar junto, é conhecer afinidades, é um despertar de novas emoções, é o início de novas atitudes, é o prazer de querer agradar e servir, é vontade de realizar desejos, de descobrir necessidades, é enxergar novos valores, é se envolver em desafios, é um nascer de novos momentos e novas esperanças, é sonhar e lutar para realizar, é colocar paixão, é plantar. O namoro é uma descoberta. E como deixa lembranças marcantes.
           Todos os anos, comemora-se o Dia dos Namorados, importante data do calendário comercial. Apaixonados (as) de todas as idades saem em busca de presentes e lembranças para seus entes queridos. Como essas pessoas são recebidas nos estabelecimentos comerciais ?
           Quando vi aquele verso (namorada sem amor é...), pensei: O que é um CLIENTE tratado sem amor, sem emoção, sem dedicação, sem respeito, sem envolvimento, sem carinho, sem vontade, sem cordialidade ? Ele é como a NAMORADA sem AMOR: É NADA !
           Tal qual nossa namorada, para que tenhamos sucesso em nossa atividade profissional, seja ela qual for, devemos tratar o CLIENTE como um “Ser Especial”, a única razão de ser da existência de nossa empresa e de nosso posto de trabalho. Empresa sem CLIENTES é como namorada sem amor, é NADA, não existe. Todos nós, independentemente de nossa função, independentemente de estarmos ou não frente a frente com o CLIENTE, temos como único propósito de nossa profissão servir a alguém, direta ou indiretamente, e este alguém é o CLIENTE.
           O CLIENTE do Novo Milênio é muito mais bem informado e muito mais exigente. Tem a seu dispor diversas opções para o mesmo produto ou serviço. Tem as facilidades de comprar sem sair de casa, através do telefone, da Internet, de catálogos. O CLIENTE, hoje, valoriza muito mais o seu dinheiro na hora de gastá-lo, tem muito mais consciência de seus direitos e de seu poder. O CLIENTE, tal qual a namorada, deseja é atenção, carinho, respeito, cordialidade, motivação, emoção, incentivo, lembrança. Ele quer sair de nossa loja satisfeito, ele quer ter o prazer de estar comprando o artigo certo, de estar fazendo um investimento correto, ele faz da compra um momento mágico. Diante de tantas “mesmices” dos tempos atuais, O CLIENTE quer é emoção. Comprar com emoção é muito melhor do que simplesmente comprar.
           É através da atividade de atendentes, balconistas, vendedores, caixas, recepcionistas, seguranças, empacotadores, estoquistas, crediaristas, enfim, do presidente da empresa ao funcionário mais humilde, é através da atividade desses profissionais que muitos sonhos serão realizados.
           E como tornar cada contato com o CLIENTE um momento especial ? É simples: basta colocarmos em nossa atividade profissional alguns dos sentimentos que colocamos em nossos namoros:

1. Colocar amor no que fazemos. Tudo o que fazemos com amor, fazemos com mais prazer e alegria.
2. Ter respeito por nosso CLIENTE e servi-lo com dedicação.
3. Tratar o CLIENTE com honestidade e cordialidade.
4. Aperfeiçoar nossa prestação de serviços, assim como nos corrigimos durante um relacionamento, através de um processo de educação continuada, aprendendo com nossos erros e acertos (e com os erros e os acertos dos outros).
5. Buscar constantemente novas formas de surpreender positivamente nossos CLIENTES, assim como buscamos realizar surpresas agradáveis para nossa namorada.
6. Lembrar do CLIENTE, principalmente em datas expressivas
7. Saber cultivar um relacionamento duradouro.
8. Investir em si próprio para ser um você cada vez melhor e, assim, ser melhor para os outros.

           Assim como um namoro, que para ser feliz e duradouro, e para que se transforme em sonhos maiores, necessita ser constantemente “regado” com o “orvalho” dos sentimentos já mencionados, também a relação com nossos CLIENTES, para ser cativante e preservada, deve ser cultivada momento a momento, atendimento a atendimento, contato a contato, por todos dentro da empresa. Todos na empresa fazem parte do Departamento de Atendimento aos CLIENTES. Todos na empresa fazem parte do Departamento de Encantamento dos CLIENTES.
           Os sentimentos para um bom atendimento estão todos dentro de nós. Basta sabermos colocar em prática, basta termos a vontade de querer. E se não soubermos, basta ter a humildade de reconhecer e de querer aprender, de treinar, de corrigir, de aperfeiçoar, seja patrão ou empregado, seja gerente ou balconista.
           Então, que o Dia dos Namorados venha a ser um marco significativo nas relações comerciais e que o AMOR, transmitido em cada presente, se transforme numa relação de satisfação e fidelidade entre o CLIENTE e seu fornecedor, através do trabalho de cada profissional.
           E que cada profissional, tenha cada vez mais AMOR pelo que faz, e que nunca deixe sua NAMORADA e seu CLIENTE sem AMOR. Senão...

 

João Carlos Boiczuk Rego - é consultor, palestrante, conferencista, facilitador de treinamentos e idealizador da comemoração do DIA DO CLIENTE
Conheça o website www.diadocliente.com.br
Fone/fax (0-xx-51) 3333-1080
Celular (0-xx-51) 8916-6310

 
[ Imprimir ]
Visite o site do Dia do Cliente